Novidades

Cinco dicas básicas para deixar seu computador mais veloz



procedimentos-simples-como-deletar-programas-mais-pesados-e-adotar-versoes-online-podem-ajudar-a-melhorar-a-performance-do-computador-1424282575393_615x300

Procedimentos simples como deletar programas mais pesados e adotar versões online podem ajudar a melhorar a performance do computador

“Mas acabamos de comprar o computador!”, você reclama. Na verdade, você o comprou há seis anos, quando fez aquela viagem e decidiu aproveitar o valor do câmbio. Mas por que é que agora os programas demoram tanto para abrir?

Se você não é especialista em TI, mas não quer trocar de computador como troca de roupa, a BBC Brasil compilou alguns truques para ajudá-lo a manter seu Mac ou PC – são passos simples e que podem ser usados por todos, independentemente do quanto você sabe sobre computadores.

1. Faça uma desfragmentação no disco rígido

Talvez você nem saiba o que isso significa, mas pode se surpreender com a importância do procedimento na manutenção do computador.

A desfragmentação acelera a forma como seu computador lê e navega pelos documentos, “limpando” e reorganizando os dados armazenados nele.

Até os discos rígidos modernos ficam mais lentos com o passar do tempo, por causa da forma como os arquivos são guardados. À medida que arquivos são criados e deletados, eles são fragmentados e guardados em diferentes partes do disco, em vez de ficarem todos juntos. Isso faz com que o acesso aos arquivos fique menos eficiente.

Ao organizar os blocos de informação espalhados no disco rígido, você não apenas aumenta o espaço disponível na memória, mas agiliza o acesso aos dados.

Antes de comprar outro computador, experimente desfragmentar o que tem em casa

A desfragmentação é especialmente necessária em PCs, que possuem um programa especial para fazê-la. Outra opção é o programa gratuito Smart Defrag 3 (para Windows 8.1).

Em Macs, a Apple afirma que a desfragmentação dificilmente precisará ser feita, porque o sistema otimiza a organização dos arquivos automaticamente. Mas se o seu Mac estiver lento, é possível usar o programa Utilitário de Disco (Disk Utility) para consertá-lo.

Se quiser tentar a desfragmentação mesmo assim, o programa iDefrag (para Apple OS X) também é gratuito.

2. Apague arquivos desnecessários

Hoje em dia é muito fácil encher um disco rígido de menos de 200 GB. E quanto mais cheio ele fica, mais difícil fica para completar qualquer ação.

Você provavelmente tem muitos arquivos antigos que nunca usa, ocupando espaço valioso em seu computador.

E para descobrir quais são eles de maneira rápida, basta baixar um aplicativo.

Você certamente tem arquivos antigos que não usa mais ocupando espaço valioso na sua máquina

Há muitos programas no mercado tanto para PCs quanto para Macs. Para usar no Windows, SpaceSniffer e WinDirStat, ambos gratuitos, ajudam a identificar os arquivos que ocupam mais espaço em seu disco rígido.

Se você usa o Mac, há um jeito ainda mais fácil de encontrar esses arquivos, usando o próprio Finder (programa padrão de gerenciamento de arquivos do OS X). Ele possibilita ver tudo o que está no Mac de maneira prática, incluindo aplicativos e programas, discos rígidos, arquivos, pastas e drives de DVD.

Você pode organizar seus arquivos e pastas por aí, buscar material em qualquer lugar em seu Mac ou deletar tudo o que não quer mais.

3. Evite executar programas automaticamente

Esta é uma das maneiras mais rápidas de deixar seu computador mais veloz – especialmente quando você liga a máquina.

Você pode ver quais programas estão sendo executados no computador em tempo real e fechá-los, se quiser.

Tanto o OS X, com o Monitor de Atividade, quanto o Windows, com o Gerenciador de Tarefas, permitem fazer isso.

Se você usa um Mac, procure em Preferências do Sistema, selecione “Usuários e Grupos” e clique nos processos que quer parar.

Se você tem um PC, você pode usar o software gratuito Autoruns, que controla todos os programas executados automaticamente.

Escolha programas antivírus de acordo com as especificações do seu computador – há muitas opções gratuitas

4. Elimine vírus e ‘malware’

Alguns insistem que é possível ficar sem um programa antivírus, afirmando que eles usam muita memória e poder de processamento, especialmente em PCs mais antigos.

Mas para quem não é especialista, é melhor se prevenir e instalar o programa.

É importante escolher o antivírus de acordo com as especificações do seu computador. Alguns dos programas que usam menos memória e processamento são o Microsoft Security Essentials, o Panda Cloud e o Avira. Para PCs, a lista é bem longa.

Apesar do mito popular de que Macs não são vulneráveis a vírus, suspeite se seu computador estiver mais lento do que o normal. Use uma ferramenta gratuita como o Avast ou o Sophos.

5. Use aplicativos web

Caso nenhuma destas alternativas funcionem, pode ser a hora de trocar de aparelho

Para que instalar o Office se você pode usar programas online gratuitos como Google Docs, o Adobe Buzzword ou com os conjunto de programas Zoho e Peepel?

Aplicativos web, abertos em um navegador, conseguem desempenhar quase todas as funções necessárias para criar ou compartilhar arquivos.

Eles também têm duas vantagens: são mais leves (por isso exigem menos poder de processamento para serem executados) e não enchem o disco rígido.

Se você tentar estes cinco passos e, mesmo assim, seu computador não executar as tarefas mais rápido, talvez seja a hora de chamar um técnico – ou de investir em uma nova máquina!

FONTE: UOL – http://tecnologia.uol.com.br/noticias/bbc/2015/02/18/cinco-truques-para-deixar-seu-computador-mais-veloz.htm